Quarta, 19 de Junho de 2024
20°

Tempo limpo

Alagoinhas, BA

Geral Geral

Em cooperação internacional, Aesp qualifica agentes para prevenção ao suicídio

A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) está fazendo parte de uma cooperação intercontinental, em Portugal, para a capacitação ...

04/06/2024 às 09h05
Por: Redação Fonte: Secom Ceará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) está fazendo parte de uma cooperação intercontinental, em Portugal, para a capacitação de bombeiros e outros agentes para a prevenção de suicídios. Três instrutores ligados à instituição cearense estão participando, na cidade de Coimbra, de uma edição do Curso de Atendimento a Tentativa de Suicídio (CATS) e do chamado Guardiões de Vida. Trata-se de um esforço inédito e histórico para as forças coirmãs ligadas à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no qual esta Academia e outros organismos internacionais são protagonistas, e que tem como objetivo maior a valorização da vida.

Os treinamentos foram iniciados nesta segunda-feira (3), em Coimbra, e seguem até o próximo dia 11, com um total de 40 horas/aula. Mais de 100 profissionais portugueses foram matriculados para a capacitação. Ao mesmo tempo, de forma remota, a 48ª turma do CATS, que conta com 12 bombeiros militares, oito policiais militares, três militares da Marinha e três do Exército Brasileito, está sendo capacitada no Ceará por meio de Ensino a Distância. Depois, com o regresso dos instrutores, a qualificação será concluída com os conteúdos práticos.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

A comitiva cearense, que é formada por três militares do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (Cbmce), é composta pelo tenente-coronel Edir Paixão, que também é coordenador do CATS, pelo tenente-coronel Jectan Oliveira e pelo Sargento Henrique Amorim.

O diretor-geral da Academia Estadual de Segurança Pública, delegado Leonardo Barreto, ressaltou a importância vital do Curso dos Bombeiros para a prevenção ao suicídio. Em sua declaração, Barreto destacou a significativa contribuição da cooperação internacional nessa iniciativa, sublinhando a necessidade de abordagens colaborativas e estratégias integradas para lidar com esse desafio global de saúde mental.

“O cuidado com a saúde mental é essencial para a prevenção ao suicídio. A atuação conjunta de órgãos de segurança pública, saúde e parceiros internacionais fortalece nossas estratégias e proporciona um suporte mais eficaz. Através dessa cooperação, estamos capacitando nossos profissionais e desenvolvendo ações integradas para salvar vidas”, pontua o diretor-geral.

Também participam da capacitação o comandante do Comando de Bombeiros de Coimbra, Paulo Palrilha, e o subcomandante da corporação, Carlos Carecho. No dia 11 de junho, também em Coimbra, deve ser realizado o treinamento Guardiões da Vida. É a primeira vez que uma equipe cearense participará dessa qualificação na Europa, com certificação pela Federação Internacional de Psicologia das Emergências. A realização do CATS e Guardiões da Vida envolve ainda a Cruz Vermelha portuguesa e a Câmara Municipal de Coimbra.

Carlos Carecho comenta que, normalmente, são os bombeiros os primeiros a chegar para o atendimento de ocorrências em Coimbra e que esse tipo de demanda também faz parte do cotidiano. “Nos últimos anos temos tido um incremento neste tipo de ocorrências e já no presente ano tivemos várias intervenções, das quais o desfecho em alguns casos foi positivo, houve outras em que fomos menos bem-sucedidos.

Daí que, enquanto comando e com a responsabilidade de lhes dar as melhores ferramentas de trabalho, equipamentos e formação aos nossos bombeiros, sentimos que havia a necessidade de formar os nossos operacionais para lidar com tentativas de suicídio”, explica o gestor.

O comandante adjunto ainda afirma, ao tomar conhecimento dos trabalhos desenvolvidos no Ceará, houve o interesse em buscar a parceria. “Surgiu logo o convite da nossa parte para que viessem ainda este ano ministrar um ou mais cursos nesta área, que será possivelmente o primeiro curso, nesta vertente do suicídio, ministrado para bombeiros em Portugal.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

Este curso é de extrema importância para nós, pois tendo os Bombeiros de trabalhar frequentemente em conjunto com policias, paramédicos e profissionais de saúde, ter um entendimento comum e procedimentos alinhados, melhora a coordenação e a eficácia da resposta”, sublinha.

“O curso oferece suporte para prevenção, cuidado, autocuidado e prestação de serviços em desastres e catástrofes, quando os profissionais também podem ser afetados psicologicamente emocionalmente, e também para identificar sinais de alerta entre os colegas, acolher e evitar o suicídio, não somente em ambientes abertos, mas também em residências, por exemplo”, detalha o tenente-coronel BMCE Edir Paixão, que faz parte da comitiva cearense.

“Trata-se de um momento histórico, pois estamos ouvindo e investigando como eles atuam. E é importante frisar que é uma ajuda mútua, de crescimento recíproco, numa relação de ganha-ganha, porque todos aprendem e se unem. A gente aprende um com a experiência do outro. Além de Coimbra, tem bombeiros sapadores de Braga e de Figueira da Foz, o pessoal da Cruz Vermelha portuguesa”, complementa o oficial cearense.

O presidente do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom), coronel Washington Luiz Vaz Júnior, elogiou a parceria para a realização dessas qualificações. “Quero saudar os bombeiros de Coimbra, Portugal, pela parceria internacional para a realização de cursos de atendimento a tentativas de suicídio com instrutores do Corpo de Bombeiro Militar do Brasil, em especial do nosso estado do Ceará, que é integrante da nossa Liga Nacional de Bombeiros”, observou o oficial.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

O gestor também lembrou que os militares que passarão pelo treinamento serão certificados. “O curso terá uma certificação dupla, tanto pela Academia Estadual de Segurança Pública, quanto pela Federação Internacional de Psicologia de Emergências”, pontuou Washington, ressaltando que o Conselho Nacional se mantém à disposição para futuras cooperações internacionais.

Os militares cearenses estão representando em Coimbra a Liga Nacional de Bombeiros. O CATS tem o objetivo principal de formar guardiões da vida – conhecidos como gatekeepers – e interventores em tentativa de suicídio, aptos a promover a prevenção em instituições ligadas à Segurança Pública e Defesa Social ou não, para intervenção baseada em escuta e diálogo e em intervenção tática com contenção física. O curso tem certificação dupla tanto pela Academia de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) quanto pela Federação Internacional de Psicologia de Emergências. “Quando a gente se une, a gente sensibiliza e cresce. Esse é um problema de saúde mental e de saúde pública que afeta todo o mundo”, reitera Paixão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Alagoinhas, BA Atualizado às 19h01 - Fonte: ClimaTempo
20°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 29°

Qui 28°C 19°C
Sex 28°C 19°C
Sáb 27°C 19°C
Dom 29°C 19°C
Seg 28°C 19°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias